Présentation domaines Piron

Dominique Piron, 40 anos de know-how, com raízes há mais de 4 séculos em Morgon, no Beaujolais.

O Beaujolais, uma longa e velha história.

Sob o impulso dos romanos, o cultivo da vinha desenvolveu-se desde o século III.
O mais remoto antepassado conhecido de Dominique Piron nasceu em Morgon, em 1590. Sucederam-se assim 14 gerações de viticultores na família.
Historicamente, os vinhos de Morgon e de Moulin à Vent sempre gozaram de boa reputação entre os grandes vinhos de França.

O Beaujolais, rumo a uma nova história

A formidável aventura do Beaujolais Nouveau « No mesmo dia e à mesma hora, no mundo inteiro » foi tão significativa que desde há 50 anos quase ocultou os terroirs e os outros crus, fazendo praticamente esquecer alguns deles.

Morgon côte du Py

Hoje, uma nova história está sendo escrita, os crus e os terroirs recuperam a liderança. O Beaujolais Nouveau vai continuar a ser um acontecimento festivo e alegre incontornável, todos os anos, na 3a quinta-feira de novembro, enquanto que os Crus tradicionais, repartem à conquista do mundo, com vinhos mais estruturados, repletos de frutos e de mineralidade, modernos, fáceis de compreender e de consumir com a maioria das cozinhas do mundo. Vinhos para a amizade e para o prazer.

Dominique Piron, uma filosofia simples

Em uma vinha difícil de cultivar, com 30% de encostas íngremes e um verdadeiro patchwork de parcelas, é uma viticultura racional.
Nos terroirs de velhos granitos decompostos e de xistos, a palavra-chave na vinha é o equilíbrio da natureza e a biodiversidade.
Para as vinificações, um desejo intenso de criar vinhos de terroir, com caráter, com matéria, preservando simultaneamente o fruto, a fineza e a elegância.

Uma casta única, o Gamay

O Gamay é a originalidade e a identidade dos crus do Beaujolais.
Esta casta, oriunda do cruzamento do Pinot Noir e do Gouais Blanc, foi importada da Croácia pelos Hunos no séc. IV. O Gamay, é uma casta delicada que simboliza a excelência.
Esta casta, verdadeiramente notável, é capaz, consoante o solo onde cresce, de tirar proveito não só dos aromas de frutas e da elegância dos vinhos jovens, mas também da estrutura e da mineralidade, que constituem a base de um ótimo envelhecimento.

Morgon, a imagem de Dominique Piron,

MOs vinhos de Morgon sabem ser sólidos sem serem duros, com raça e elegantes, exalando sempre ao envelhecer o aroma da cereja preta ou até do kirsh, sem esquecer as suas belas notas de especiarias.
Com uma boa estrutura, os vinhos de Morgon conservam-se muito bem.
O Morgon é um valor seguro.

… mas igualmente, em outros terroirs de granito

Mais oito denominações, como o Brouilly, o Regnié, o Fleurie, o Chénas, o Moulin à Vent, o Saint Amour, o Beaujolais tinto, rosé e branco com a casta Chardonnay.
Domaines Piron, um especialista em Morgon.
Uma empresa líder no Beaujolais.
Fama internacional e vinhos presentes em 30 países no mundo.

  • DOMAINES PIRONS,
  • Morgon, 69910 Villié-Morgon,
  • França